Autossabotagem e procrastinação numa visão espiritualista



(Como trabalhar isto sob a perspectiva de vidas passadas)


Muitas pessoas funcionam nesta vida a partir da culpa, do medo, da insegurança, da baixa-autoestima, da negação de si mesmo e das suas capacidades no mundo.

Mas o que poucos sabem é que a insegurança e a baixa-autoestima possuem numa camada ainda mais profunda, ou seja no seu inconsciente, o não-merecimento. Daí a pessoa negar receber o que há de melhor na vida, de viver o que há de melhor, de ter realização em diversas áreas, e especialmente, de ser o agente da própria felicidade alcançada. Existe um bloqueio ai – inconsciente - dela não se permitir ser o agente da própria felicidade e muito menos de colhê-la. Percebam que já entrei na ‘procrastinação’. Por que se procrastina? Para não ser bem-sucedido. Esta é uma das vertentes do bloqueio.


Agora nós vamos entrar nas perspectivas de Vidas Passadas para entender isto.

Quero que vocês compreendam dentro de uma concepção evolucionista. Ou seja, tudo que se viveu em vidas anteriores partiu de um estado mais ignorante e limitado de consciência, o que por si justifica os erros cometidos. Mas o que é interessante saber é que a culpa por haver errado fica fixada no espírito imortal que passa a carreá-la para as vidas futuras, e então acaba que se vai acumulando erros e consequentemente culpas, o que faz com que se acumule no nível do espirito imortal ‘o não-merecimento da felicidade’ devido ao mal que se realizou a outras pessoas e situações no passado.

Quando a pessoa está ‘funcionando’ nesta vida, encarnada, a partir do ‘não-merecimento pessoal de qualquer felicidade’ - e é tudo inconsciente, ela certamente apresentará padrões de autossabotagem e procrastinação para que não possa colher o bem e a alegria que deseja fazer para si. Daí a pessoa iniciar projetos e não conseguir finalizar e até mesmo nem começar para não ter que receber os felizes frutos de suas realizações e conquistas.


Nossa abordagem dentro da Terapia Espiritualista Lumni permite acessar estas conexões trazidas de Vidas Passadas descontruindo e dissolvendo os padrões limitantes e repetitivos, que são os pontos associativos, via Psicanálise e à medida que vamos fazendo isto, a pessoa vai se libertando para uma nova forma de se ver na vida. De se ver, de ser e atuar.


Além da Psicanálise, nós usamos ferramentas quânticas e espiritualistas que colocam a pessoa diante do seu universo áurico, do seu campo astral, onde é possível tratar uma infinidade de coisas. Tratamos, liberamos e dissolvemos tudo aquilo que aparece e está limitando, e ao mesmo tempo abrimos a consciência da pessoa para compreensões ainda maiores de si e do todo.

A Regressão de Memória é outra ferramenta quântica e energética que soma aos trabalhos, tal como a ‘cereja do bolo’, porque é ela que vai até as Vidas Passadas para ver, trazer e tratar os motivos de lá de trás que continuam influenciando nesta vida. Ao realizar este trabalho acontecem desbloqueios e curas em níveis mais profundos do ente espiritual, que abrange mente, pensamentos, sentimentos, energia e vibração.

Então percebam que a mudança e dissolução destes tipos de pensamentos e sentimentos limitantes permite a abertura de novos espaços quânticos para que a pessoa possa cocriar para si realidades que até então não estavam possíveis de serem acessadas.


O convite é para toda pessoa que deseje aprofundar em seus universos e dimensões espirituais com a perspectiva de cura e transformação de tudo que pode ser dissolvido, transmutado e liberado de Vidas Passadas que vão conferir diversos níveis de libertações cármicas e a liberdade de ser e de se expressar no mundo de forma plena, livre, curada e autêntica.


Nossa agenda está aberta para todos que se interessar pelos nossos trabalhos. Um abraço,

Luciana Rapini