Mensagem da espiritualidade em 25.07.21

 

Querida irmã, tenha fé em Cristo, a verdadeira luz brilha a partir da escuridão e do aparente caos emergirá a mudança que se requer para um novo posicionamento no mundo.

O Princípio de Deus eleva todas as almas a uma só comunhão, não porque se precise de espaços humanos criados para tanto, mas porque a própria Fonte Criadora que tudo rege e em todos habita falará em seus corações despertando as consciências frente ao chamado da verdadeira fraternidade.

Estás a compreender que o espaço da Consciência abarca tudo e não difere e discerne sobre nada, a dualidade não existe e os posicionamentos da alma humana que apreendem em julgamentos e contradições nada mais são do que resquícios que serão elevados à verdadeira consciência de Tudo que É e se destina a Obras Mais Elevadas no Seio da Criação.

A confusão dos tempos atuais traz a necessidade da integração de todos a uma só obra de fraternidade, amor e adoração a um só Deus dentro de uma mesma Fonte Divina.

Abençoai os aflitos e despertai os intolerantes para que, vendo as raízes de onde brotam as intolerâncias, estas possas ser extirpadas pela verdadeira comunhão ao Mais Alto.

Se vós sois deuses, vós também sois Princípio da Criação, o Criador não se separa de suas criaturas, mas enlaça a todos numa só Unidade Cósmica.

Um só planeta dentro da imensidão da Criação não deve ter a pretensão de ocupar o Todo, mas de pertencer a algo infinitamente maior que escapa à imensidão dos olhos. O entendimento humano que tudo abarca deve ser substituído pela consciência do que é infinito e se encontra para além das barreiras humanas.

A transmutação das energias faz-se necessária para o irrompimento numa nova modalidade de ser. E as grossas camadas que revestem os corpos humanos tenderão a se transmutar para níveis energéticos mais sutis se alinhando à nova condição energética planetária que existirá no porvir.

Para a liberação de energias densas é necessário ‘combustão’ e a aparente confusão tem como objetivo trazê-las à tona para que possam ser transmutadas no Amor - Fonte do Verdadeiro Bem.

Para grandes transformações, grandes mudanças são necessárias em todos os níveis energéticos dos seres, e o despertar das consciências acontece integrado ao Todo Universal.

A comunhão com Esferas Mais Elevadas de consciência será sustentada pelos eflúvios que emanam do mais além, e quanto mais conscientes tiverem de que todas estas mudanças são regidas pelo Mais Elevado, os seres se permitirão dar os passos deixando as velhas reminiscências para se abrirem para o manancial requerido pelo novo ser.

Compreendendo que o Princípio que Tudo Rege encaminha as consciências tanto no individual quanto no coletivo é possível permitir que as mudanças realizem o que é necessário para o florescer de uma Nova Era.

Não oferecer resistência é abraçar o Todo, o coletivo, na confiança de que os mesmos Princípios Eternos que os enlaçaram na obra de aperfeiçoamento de suas vidas seguirá regendo para novas obras alicerçadas no Princípio da Criação.

Não oferecer resistência a esta mensagem que deve ser destinada publicamente é se lançar como agente de transformação que esta obra requer nestes tempos de renovação para os Novos Tempos. Deixar de lutar para reconhecer a quais ordens de graças pertence é comungar com todos aqueles que, despertos, farão a diferença trazendo outros consigo. Existem dois caminhos - o do ‘não’ e o do ‘sim’, quanto mais consciência, maior a liberdade da escolha pelo que verdadeiramente edifica livre de qualquer desejo terreno. Dar cabida ao Princípio que Tudo Rege em suas vidas os manterá prontos para oferendas ainda maiores que edificam dentro do Todo Universal.

O planeta está constituído de diversas mentes, diversas consciências abarcadas num Todo Universal. Abandonar as definições optando por ingressar nos princípios de consciência propiciará a leveza e comunhão desejada, que nada separa, mas tudo reúne e nada julga.

Eis, irmã, a mensagem a oferecer aos irmãos que se alinham aos Princípios Reitores Eternos. Abrindo-vos às mudanças dar-vos-ão os passos requeridos para um novo planeta de mais consciência e união em espírito de verdadeira fraternidade.