continua...

 

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 02/09/2019:

(Ontem à noite tive que me submeter a uma situação que envolvia uma pessoa próxima que havia feito magia-negra para me prejudicar e a quem vinha esforçando muito para perdoar. Ao me perceber sucumbindo às forças espirituais do mal, tive a exata sensação de estar desacostumada com a luta e foi exatamente o que este bom espírito me disse.)

Queremos vos falar hoje.

Estou inteiramente a vossa disposição.

Dignai, querida irmã, de prosseguir no caminho da glória que Nosso Senhor vos ha destinado. Não sucumbais nas lutas revigorantes do vosso espírito para que não relaxeis vossa defesa e vigilância no comodismo. Deus nos chama a lutas para nos manter despertos e vigilantes para que não nos percamos dentro de nós mesmos e deixemos de servi-Lo em sua Glória. Por isto, despertai vossas defesas em armas do bem porque como logicamente já sabeis, estais a ser muito assediada pelos que habitam nas trevas para que detenhais vossa marcha de amor, devoção e serviço ao próximo. Por isso é prudente vos manterdes desperta, vigilante e pronta para combater sempre que necessário. Nós estamos contigo para vos ajudar no que precisar, mas a luta combatente a ser travada é primariamente vossa. Permanecei em nossa paz e na santa paz de Jesus Cristo Nosso Senhor!

Hoje temos a seguinte alma a vos falar, segue atenta para escutar:

Muitas lamentações pouco me ajudaram, sou infeliz por natureza e penso ser isso o que Deus quer de mim: que sofra de forma extenuante até a maior das exaustões. Porque não aguento mais sofrer, rogo a Deus por melhores paisagens, diferente desta na qual me encontro há tanto tempo: fria e sombria, repleta de pessoas em sofrimento desolador. Por aqui não existe luz do sol nem o seu calor para aquecer os nossos corpos e nossas almas, mas podridão, sujidão, lamentos, murmúrios, choros, gritos, gemidos, ofensas, brigas e discussões, espíritos selvagens e sofredores, almas desafortunadas do meu Deus! Sei que muito pequei quando vivia junto aos meus e aos demais deixando de todo bem fazer, mas a penúria que encontro hoje me faz arrepender largamente de haver deixado passar as oportunidades do bem praticar e de haver sido mais sensata, prudente, justa, amorosa, paciente e caridosa com todos que me procuravam. Hoje eu sei que eram almas enviadas pelo meu Senhor para testar o estado de minha alma e me trazer o melhoramento dos meus atos. A todas deixei passar, fechando-lhes os olhos, os ouvidos e o abraço fraternal. Egoísta, optei por cuidar dos meus próprios afazeres a perder tempo com os demais. E hoje aqui me encontro, neste poço lamacento que reúne todas as minhas misérias para colher aquilo que plantei no coração dos demais: frieza e indignação. Indiferença e sofrimento. Porque não os ouvi, hoje não sou ouvida, porque pequei, hoje estou na condição de pecadora arrependida que já provou de todas as dores semeadas no coração dos demais e rogo a Deus para que tenha de mim misericórdia e me salve desta dor que não sei até quando irá durar.

Vossas preces, querida irmã, foram atendidas e Deus encontra em ti o coração pronto para o resgate salutar para melhores paisagens, onde encontrareis os motivos que desencadearam os fatos vividos e luzes sobre a melhor conduta que poderias haver feito. O Deus de Toda Glória é Misericordioso o suficiente para trazer novas oportunidades de reajuste e acertos naquilo que antes errastes. Na escola eterna da vida haverá chances de retornar à carne levando convosco os aprendizados dos infortúnios cometidos junto às próprias determinações de fazer melhor. Rendei graças ao Senhor da Vossa Salvação que renova através de ti a vida para que compreendais os elevados fins segundo os quais fostes criada. Que o Deus da Paz repouse vosso coração arrependido e o livre das tormentas para que possa fazer nascer sobre ti o sol de um novo dia. Tomai nossas mãos e seguiremos a outra localidade onde encontrareis tudo o que necessitais para vosso reajuste e reabilitação.

Quanto a ti, querida irmã na Terra a serviço dos Céus, prossegui em vossa marcha de santa devoção e serviço Àquele que vos criou, não olvidando de consagrar-Lhe o vosso tudo para que colhais ricas graças ao vosso espírito eterno ao final. Prossegui. Nós estamos contigo.

Obrigada, queridos irmãos, pela paciência, tolerância e por estarmos unidos deste grande bem a ser depositado nos Céus e para a salvação de nossas almas eternas para todo o sempre. Que o Deus da Glória nos abençoe no dia de hoje.

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 03/09/2019:

Queridos irmãos, coloco-me deste já a vossa disposição para os trabalhos do dia de hoje. Há algo para nós?

Eis a alma que temos trazido para você hoje, favor vos esvaziar dos vossos pensamentos:

O ódio que sinto por você é tão grande por me impedir de alcançar as minhas vitórias com as almas que hei tomado para mim. Suas orações benfazejas as afastam de mim, reproduzindo nelas toda sorte de paz e de virtudes por isso amaldiçoo o seu nome e sua vida porque não nos há deixado trabalhar. Se antes conseguíamos, era porque você não se impunha em nossos trabalhos com essa necessidade arrogante e insuportável de fazer-lhes o bem. Abandonando-os a nós conseguimos fazer com eles o que quisermos, mas interpondo-se a nós nossos planos são desviados pela força do mais Alto que lhes envia os anjos, revigora-lhes o espírito tornando-os independente de nós, que desejamos sua desdita. Queremos eles sofredores, humilhados, ultrajados, solitários, omissos, descrentes e enfraquecidos. Queremos que se afoguem no poço fundo de suas lágrimas e que jamais vejam a luz do dia. Desejamos que não apenas sofram, mas façam os outros sofrer através de abusos, crueldades, rixas, projetos de vingança, perseguição, ofensas, discórdias, planos maquiavélicos, traições, descaso, maus tratos e toda sorte de desajustes que são possíveis às criaturas humanas! E você, com seu altarzinho de Deus, insiste em nos enviar orações, a nós e a eles, interferindo e quebrando o nosso círculo de maldades bem planejadas por causa Daquele a quem você serve. Tem por isto decretada a inimizade entre nós e estaremos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para te retirar dos nossos caminhos, enviando-a a um local onde impera a mais perfeita podridão para que prove do mal que nos faz. Neste lugar longe não mais interferirá e tornaremos a ser livres para prejudicar quem quisermos do jeito que bem entendemos. Enfiai vossas orações no (palavrão) e jamais volte a nos importunar. Porque não queremos ser salvos nem por você nem por Aquele outro a quem serve. Retire-se das nossas vidas, deixando em paz também aqueles que para nós são dignos da morte mais cruenta através de dores dilacerantes de suas almas e de seus corpos físicos. É, para nós, insuportável e em tudo a odiamos. Tome suas boas obras para si e deixe de uma vez por todas de nos importunar se não quiser coisa pior para você. Desista de seus projetos e intenções e nos te deixaremos em paz. Até lá estaremos te rondando e perseguindo igual lobos sobre a ovelha. Pode me levar.

Estimado irmão, deplorável é o estado em que encontra vossa alma, a colher misérias semeando-as nos corações dos vossos irmãos. Não é para isso que haveis sido concebido pelo Criador e até quando insistireis em atrasar o campo que deve ser percorrido até que compreendais que o bem que deixastes de fazer aos vossos irmãos é mal. Que dirá do mal que é feito aos vossos irmãos? Mal muito maior será.

A mão de Deus inevitavelmente pesará sobre vosso juízo e coração chamando-vos a retornar aos elevados desígnios aos quais fostes destinado. Deus jamais abandona seus filhos ultrajantes e que atuam com descaso junto aos demais senão que lhes permite drenar todo seu ódio e rancor colocando, ainda que não queiram, um ponto final. Se não quereis converter-vos por agora, Deus respeitará vossa livre vontade, mas estejais certo de que vos chamará no momento oportuno a pagar através do próprio suor e lágrimas todo sofrimento que infringistes aos demais. Por hora tendes a nossa misericórdia e compaixão endereçadas não somente a ti, mas a tantos quantos vos acompanham e continuareis comprovando que os Desígnios e Poder de Deus sobre seus filhos são muito Maiores e mais Perfeitos do que vossas parcas intenções de arruiná-Los. Nisto estará vosso maior aprendizado que um dia vos colocará submisso nas Mãos Daquele que não apenas é Maior do que ti, mas é Aquele que vos criastes.

Quanto a ti, querida filha e irmã devota aos interesses dos Céus, podeis dar início ao registro destas comunicações no papel de modo a instituir um valioso material de ricas verdades a todos que se dispuserem a ler. Devereis fazê-lo em material à parte do vosso livro* de modo que os conteúdos não se interponham neste momento àquele, mas para que compartilheis com aquela** que caminha ao vosso lado no crescimento e serviço ao Senhor e as suas almas. Tendes nossa permissão para delas fazerdes um encarte que abençoará muitos corações despertando-lhes a fé, quando não a impulsionando, quanto ao serviço através da oração que deve ser prestado aos Céus. Prossegui com vossas atividades.

Isto me alegra, pois, sem que houvesse dito, respondestes à pergunta que estava estampada em meus pensamentos.

A todo fim útil vos recomendamos.

(Fiquei satisfeita por haverem escutado os pensamentos que vinha tendo.

Vinha desejando apresentar os frutos da minha mediunidade para os familiares que tinham entes queridos já falecidos e para a pessoa que ajudava na limpeza da casa e fazia o Culto no lar comigo para que crescessem na fé e no fervor quanto ao alcance das orações.

Vinha também desejando trabalhar sobre as manifestações negativas do meu ego - como vaidade, orgulho e superioridade - entregando-as a Deus e substituindo-as por um estimado senso de humildade, desmerecimento, desvalia, desinteresse e espírito de serviço e igualdade junto aos irmãos.

Glorificado seja Nosso Senhor Jesus Cristo em tudo em todos os tempos, afinal, somente poderia ser possível a mim começar a trabalhar sobre os defeitos do meu ego dando-lhes oportunidade de se manifestarem e, vigiando-os, abençoá-los e repreendê-los, colocando em seus lugares os sentimentos dadivosos dos Céus.)

Nota de rodapé:

*Renascimento e Vida em Cristo

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 04/09/2019:

Queridos irmãos em Cristo, estou inteiramente a disposição para os trabalhos desta manhã. Há algo hoje?

Certamente que sim, colocaremos a alma que trouxemos até ti para te falar. É mister que prepares tua mente para dele receber seus pensamentos:

Grande amargura encontro em minha alma pecadora, que nada mais fez na vida a não ser defraudar e perder o tempo em coisas inúteis e vãs. A tudo o que deveria ter colocado meu primor e afeto, deixei de fazer ocupando-me de coisas frívolas e pecaminosas. Abandonei-me ao vício do cigarro e do álcool que me levaram à profunda perdição. Envolto de más companhias só fiz cair ainda mais. Os parentes tentaram de tudo para me ajudar a sair do emaranhado de perdição e de dor no qual me encontrava e, não conseguindo, acabaram por desistir de mim. Vivi uma vida vã entre bares e degradações morais que não me levaram a lugar outro que não o desalento da minha alma. Vítima e prisioneiro de espíritos viciosos, estes usaram e abusaram do meu corpo para apenas tirar proveito de mim, me abandonando quando para eles não tinha mais valia. Assim deixei o corpo físico em condições deploráveis e ainda pior foi o sofrimento que encontrei no mundo dos espíritos. Fui transportado a um lugar úmido, fétido, escuro e desalentador onde minha alma continuou clamando aonde a Glória do Deus Pai se encontrava. O único caminho que me restou foi proclamar a misericórdia Daquele que me criou para que salvasse seu filho que muito pecou e nada fez de produtivo a não ser perder a vida entre dores e reclamações. Por muito tempo encontrei dor e desalento ainda maiores, perseguições e assédios de espíritos do mal, que ainda insistiam em me atormentar como se por si só não bastassem a mim os próprios tormentos internos. Local de grande sofrimento o qual fui merecedor devido ao uso imprudente da vida. De tanto rogar, lampejos de serenidade invadiam minha alma de tempos em tempos aliviando o peso dos meus tormentos, revelando-me que algo mais deveria existir. Completamente arrependido da vida que vivi, continuei rogando alívio aos Céus até o dia que vi surgir a minha frente um ponto de luz dentro do qual apareceram duas almas luminosas e sorridentes dizendo que o tempo do cumprimento do meu sofrimento havia chegado ao fim e que eu havia recebido autorização de partir dali. Recolheram meu corpo imundo e fétido em uma maca e me conduziram deitado até um local esplendoroso onde pude reaver os meus maus dias e alcançar a glória do planejamento de um melhor porvir. Por isso tudo, em tudo sou grato ao meu Senhor que me proporcionou a dor do aprendizado, mas a esperança em um novo porvir. Em tudo Nosso Senhor...

(seja louvado... Neste momento eu interrompi a escrita, pois eu é que costumava falar isso, quando o espírito que se comunicava disse:)

Eu disse isto sim, pois estava a escutar tudo o que você estava a dialogar com os demais espíritos aqui presentes. Por isso quero dizer isto também, porque agora compreendo o alcance destas palavras “Em tudo Nosso Senhor Jesus Cristo seja louvado”. Permaneça com Deus, querida irmã e a Paz de Deus em sua vida.

Estimada irmã, Luciana. Eis uma alma que atravessou a dor das consequências de seus atos imprudentes quando em vida na Terra e alcançou a glória de seu refazimento moral em melhores paisagens. Mesmo que almas ainda se encontrem presas em vícios e pecados, eis o destino que Deus tem para eles: a sua salvação e recomposição dos sentidos para provar uma nova vestimenta da carne seguindo com o desígnio de Deus para cada um. Sob esta perspectiva todos estão salvos, bastando que tenhamos para com eles um olhar bondoso e caridoso, acolhendo-os em suas necessidades sem deixar que experimentem do fel que criaram para si mesmos. A isto todos nós somos chamados a lhes ajudar. Continua alargando teu coração em torno destas verdades benditas de modo a colocá-las em prática em teu coração no dia-a-dia com as almas que Deus ha trazido até ti. Recordando da parte de Deus que cabe a ti fazer por elas estarás alcançando verdadeira glória para ti nos Céus. Para tanto deves trocar as lentes que te prendem à carne para vestires aquelas que te conectam com o Deus de Todo o Criado.  A Paz de Deus para o teu dia de hoje. Podes partir para tuas demais obrigações.

Obrigada, estimados irmãos da luz, pelas graças benfazejas endereçadas a todos nós. Que possamos todos continuar crescendo no amor de Deus para com todos os irmãos. Que assim seja. Amém.

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 05/09/2019:

Na noite anterior dormira extremamente chateada com a forma como meus filhos se alimentam. Descobri recentemente que os mantendo na tv durante a refeição fez com que não entrassem em contato com a comida e aprendessem a comer por si mesmos o que os tornou extremamente seletivos. Sem a tv eram indisciplinados. A luta se tornou grande ao ponto de eu sucumbir e reconhecer minha incapacidade restando-me como única alternativa rogar auxílio aos Céus, em especial à Virgem Maria, no sentido de que me ensinasse aquilo que não sabia e me transformasse verdadeiramente para que pudesse ajudá-los. Este processo foi lento e estou certa de que foi a própria Nossa Senhora que me conduziu ao auge desta angústia para que então recorresse a Ela. Constituiria um dificílimo processo de mudança de hábito para mim além de, é claro, mais trabalho diário.

O dia que se seguiu foi rico em glórias recebidas pelas mãos de Cristo e sua Mãe. Serena, dei início aos estudos neste sentido e a noite às mudanças. Vivi o dia em muita oração e união com Deus. Num determinado momento senti em meu coração Deus mudar tudo - tudo o que antes era não seria mais, ou seja, a forma como havia feito até então não faria mais, como se houvesse renascido numa Luciana que jamais existira.

Compreendi o poder de Deus de transformar água em vinho.

Haveria todo um caminho pela frente para colocar em prática as mudanças e sentia-me fortemente unida a Deus neste sentido. Sabia que teria de desconstruir todo o modelo anterior de alimentação para construir um inteiramente novo e por tudo isto louvava o Senhor.

***

Mas naquela manhã, meu estado de ânimo ainda era desalentador e assim me voltei aos irmãos celestes:

Valorosos irmãos em Cristo Jesus, eis-me a vossa disposição para receber aquilo que hoje há para mim dos Céus. Há algo hoje?

Estamos aqui presentes e vamos vos falar. Compreendemos tuas dores e lamentações e dizemos que não deves desanimar. A formação de novos seres requer dedicação e sacrifícios diários para que se possa entregar, no dia que Lhe convier, nas mãos do Senhor para que Ele finalize a obra que tu começaste. Em tudo ha que dar glórias a Deus, pois através de tuas mãos estás tendo oportunidade de redimir-te de atos anteriores feitos equivocadamente. Fazes bem em rogar ajuda aos Céus naquilo que sabes não dar conta sozinha. Para tanto iremos te ajudar. Confia e caminha certa de que não há obras sem esforço e a obra primeira que deverá realizar nos demais deve ser realizada antes em ti mesmo. Fazes bem em orar pedindo ajuda e toda ajuda te será dispensada. Não te afastes dos Céus.

Agora te trazemos uma irmã que deseja vos falar, atenção aos seus pensamentos:

Minha querida irmã do coração em Deus, Luciana, há muito tenho agradecido a oportunidade de reaver laços contigo através de tua fé ardente de servir a Deus. Nos conectamos em existências anteriores e meu coração se alegra em ver o quanto ha percorrido nesta vida. Tens muitos amigos na espiritualidade que te estimam e estamos ansiosos pelos efeitos de teus trabalhos nos corações dos demais. As projeções são amplas e segue firme em teus propósitos de devoção, de devotar tudo o que há em ti ao teu Deus e à obra de amor que Ele ha de fazer na Terra. Tens nossas orações e boas vibrações para que sejas bem-sucedida nesta tua passagem terrena. Não te lamentes e não te subestimes, pois tudo está da forma como te ha sido planejado quando te encontravas junto a nós na espiritualidade. Do quanto caminhaste poderás partilhar ricos frutos com os demais. Jamais te esqueças de que tua verdadeira pátria é a espiritual, é para onde retornarás quando tudo isto tiver acabado, quando poderás contar quantos louvores ha acumulado para ti. Segue no caminho reto e de estremado esforço, pois é somente através destes que se alcança a verdadeira vitória. Que Deus continue te abençoando e presidindo os teus passos. Tens a nós, teus amigos e irmãos espirituais a tua disposição para prestar-te toda ajuda que te faça necessária. Desejando paz e bençãos na tua vida, despeço-me.

Querida filha Luciana, eis a falar uma alma que muito a estima, desencarnada há muitos anos e vivente no plano espiritual. A amizade e estima a ti faz recordar-se de ti e acompanhá-la em tuas lutas terrenas procurando enviar-te eflúvios de paciência e consagração no serviço a Deus. Não estás sozinha e deves confiar nisto. São muitos os que hoje te assistem na espiritualidade porque ha multiplicado teus trabalhos junto às almas e porque és um canal aberto na Terra para realizações de cunho superior sob a égide de Cristo. Tal como ela há outros a te ajudar em diferentes níveis buscando atender as tuas necessidades prementes e santificadoras. Segue em paz e permanece prestando e rendendo culto ao Senhor em tudo tal como vens fazendo. Que o Deus de Amor abençoe os frutos do teu dia.

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 06/09/2019:

Estimados irmãos, eis-me a vossa disposição desejosa de ser útil à obra de Nosso Senhor Jesus Cristo na Terra. Há algo reservado para mim hoje?

Sim. Não sujeites às influências do inimigo que deseja te estancar a marcha, mas segue em frente certa do bem e do trabalho a fazer. Continua divulgando a obra e as graças do espiritismo àqueles que focam em ti e nada façais sem antes nos consultar (se referiam ao conteúdo que postara em minha rede social, estava a consagrá-los e a me consagrar inteiramente a Cristo). Toda prudência te é indicada tendo em vista que muitos são os que estão a te olhar. És observada como ovelha em meio de lobos e em tudo continua sendo a Deus fiel e uníssona. Tens a nós em tua guarda ao teu auxílio e condução. Fizeste bem em partilhar estes escritos com tua companheira de trabalhos que será tocada de forma todo especial em torno de uma aproximação ainda maior às almas na devoção para a qual foi chamada. Continuemos trabalhando. Eis a alma que trazemos para ti hoje, favor escutar:

Minhas dores são tantas e inimagináveis aos olhos daqueles que em mim nada viram durante o curto percurso que estive na carne. Alma enegrecida pelas dores do coração, suportei dores inimagináveis quando tudo o que necessitava era de me libertar delas. Muito roguei a Deus que me libertasse do presídio da carne e, nada conseguindo, optei por retirar minha própria vida almejando encontrar o alívio jamais encontrado. Grande é minha dor e maior ainda a minha desolação! Porque tudo suportei, Deus me chamou a suportar dores ainda mais penosas fazendo-me cair em um labirinto de dores lamacentas e dilacerantes da minha alma! Ó Senhor, que fiz eu para merecer tantas dores e infortúnios? Quem haverá de escutar meus lamentos de dores infindáveis e virá ao meu socorro? Retirando de mim a vida, retirei o meu tudo e me fiz cair num mar de pedregulho que sufoca minha alma desejosa de encontrar algum conforto, por menor que seja! Se acaso existe Deus, dignai-vos comparecer à presença desta perdida alma e encaminhai-me para melhores arvoredos para que eu possa enfim encontrar a paz que me foi prometida - aos sofredores e aflitos. Porque tanto sofri não merecia eu encontrar o repouso bendito no meu Deus? Porque tudo suportei, não estaria aí a glória da justiça, repousar meu espírito cansado nos braços do meu Senhor aguardando sua vinda no glorioso dia? Onde fiz pecar, que Deus me perdoe, pois nada mais fiz do que aceitar a dor que me infringiste quando ainda vestia a roupa da carne e desejar fugir dela quando se tornou insuportável. Onde está o meu Deus da minha glória? Se ei pecado contra ti, meu Senhor, rogo de vós a vossa misericórdia para que possais alcançar-me no ponto onde estou e transferir-me para o louvado Céu que está em vossas promessas. Sem nada mais, além de murmúrios e lamentações, despeço-me.

Querida irmã, teus rogos foram elevados ao mais Alto dos Céus e uma equipe desce ao teu encontro para pôr fim aos teus lamentos e sofrimentos abrindo-te nova alvorada em teu coração sofrido e desejoso de toda glória que Deus te ha prometido em teus estudos terrenos a respeito da Lei de Deus. Porque tiraste a própria vida, comprometeu-te em duras provações de ter que suportar o tempo necessário até que ao teu corpo carnal fosse permitido perecer por destino de Deus*. Porque tiraste tua vida antes deste período atraíste para ti penosas amarguras cumulando-as sobre as quais já possuías. Mas o Deus do Supremo é Misericordioso e resgata suas ovelhas perdidas quando lhes é chegada a hora. Estaremos levando-te para melhor lugar onde poderás encontrar alívio a tua alma sofredora e o perdão dos próprios atos gerados contra a própria vida, bem maior que Deus te outorgou. Poderás comprovar nisto onde repousa a Divina Misericórdia de Deus que permite que cada filho aprenda através da própria dor e dos próprios erros cometidos contra si mesmo e contra o próximo e opte por não pecar mais, conhecendo assim os caminhos do bem absoluto que Ele ha destinado a cada um de nós. Porque Deus é santo e puro concede às suas ovelhas oportunidade de retornar à carne com o objetivo de quitar as dívidas contraídas em existências anteriores, de modo a acumular frutos de sabedoria divina em si mesmos. Nada em sua Lei é injusto, pois nos faz provar das próprias dores que infringimos aos demais, senão na vida terrena que se teve, nas posteriores, fazendo-nos provar da Lei de causa e consequências. Porque a justiça e a misericórdia de Deus te abraçaram, faz tua parte de, da mesma forma, ser-lhe serva digna e fiel através do conhecimento dos seus elevados desígnios e praticando-os em ti. Que a paz do Senhor acompanhe teus dias vindouros ricos de aprendizados e de glórias.

Quando a ti, querida irmã na Terra, Luciana, continua oferecendo teus estudos e disciplina à causa do espiritismo de modo a trazer outras almas ao conhecimento destas insígnias verdades supremas. Nós estaremos sempre ao teu lado. Finalizamos no dia de hoje.

Obrigada, queridos irmãos em Cristo, pela oportunidade dadivosa de servir aos Céus sem a qual, ausente de vós, jamais me seria possível. Que o Deus do Absoluto Amor seja derramado sobre cada uma de nossas almas. Amém.

Nota de rodapé:

* Por infringirem a Lei maior de Deus que é não retirar a própria vida, os suicidas permanecem espiritualmente emanados ao corpo físico sentindo os horrores da decomposição e seguem na zona espiritual dos suicidas em extremo sofrimento até o momento em que se daria o desenlace dos seus espíritos da roupagem carnal segundo a vontade de Deus, quando então são resgatados e transferidos para as cidades espirituais.

 

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 08/09/2019:

Assumi os primeiros frutos da minha mediunidade para algumas pessoas próximas (a pessoa que trabalha na minha casa e familiares) e dei o meu sim a Jesus e à espiritualidade amiga, dizendo que aceitaria viver todas as particularidades condizentes à prática mediúnica segundo a vontade de Deus, que requer o serviço consagrado aos irmãos (encarnados e desencarnados) pelo bem da verdade e com a devida vigilância devocional sobre meu interior para não me deixar levar pelos sentimentos de soberba e vaidade que pudessem surgir. Compreendi que Deus me oferecia através do serviço mediúnico que se tornava público um formoso campo de lapidação interior para que meu espírito se despojasse em ainda maior escala das paixões que tendem a nos aprisionar na carne.

Queridos irmãos em Cristo Jesus, encontro-me à vossa disposição para os trabalhos desta manhã. Tendes algo hoje?

Sim. Uma alma que traz o testemunho de uma vida em Deus santa, que trilhou os caminhos da glória de Cristo Rei para inspirar todos vós que ainda estais na Terra a trilharem o vosso. Como sabes estes volumes trarão mensagens verdadeiras que encherão de fé e esperança os corações de teus leitores, convidando-os a trilharem um caminho santo digno da misericórdia que Deus ha destinado a todas suas almas. Mantenha-se, pois, fiel aos ditados.

Vos colocarei a falar esta alma, que muito vos estima:

(Surgiram-me pensamentos de medo de falhar na percepção dos pensamentos que receberia, afinal, se direcionam às almas e são tão inusitados.) Interrompendo-me, disseram:

Não ha que questionar aquilo que te está sendo ditado, apenas transcreve para o papel, está bem assim?

Deus seja louvado, divina alma, em todas as criaturas, porque ha pousado seu olhar sobre ti e te despertado para servir ao seu Reinado de Amor na Terra. O legado que Deus tem para seus irmãos se assemelha ao teu e em nada deves subjugar as maravilhas que Deus ha de realizar na vida de cada um. Fortalece mais tua fé e ele te fará partícipe dos mais belos sonhos nunca antes vislumbrados por alma alguma que ha cerrado os olhos exclusivamente para a terra. Segue na senda do bem no serviço primoroso aos teus irmãos, doando o teu tanto para que Deus te retribua em glórias junto aos seus corações. Todo pedido de socorro deve ser atendido porque estás a trabalhar para vosso Rei, para aquele que sofreu por nós*. Jesus te chamará a sofrimentos mais implacáveis ao teu coração para te colocar à prova na devoção que ha firmado para com ele e te trará experiências dignas deste mandato e aprendizado. Para que escales os elevados cumes que requer ao lado do Senhor é necessário te despojar do teu eu e das tuas facilidades e tudo colocar à prova com ele e para ele. Não existe outro caminho para as almas por ele escolhidas. Ele te elevará e te fará sofrer as dores merecidas à condição a qual te colocou. De tudo, não haverá dores, mas sim merecimentos para tua alma infiel e ultrajante que muito há pecado por toda tua existência cumulando dívidas ultrajantes ao seu Sagrado Coração**. Tudo o que te for trazido por suas mãos ha que tomá-las com santa castidade e obediência, unindo-te ainda mais fortemente Àquele que vos criou. Como ha sido dito, não há outro caminho para aqueles escolhidos por Deus. Alcançarás o cume de tua vitória ao lado do teu Senhor e poderás contar conosco, teus guias protetores e condutores, por todo o caminho. Continua lutando pela tua integridade moral, pois nisto está o exercício primordial para que acendas no caminho da superação da tua alma. Tente ao máximo em nada lhe opor obstáculos para que tu cresças em sua glória no serviço do mesmo ainda que isto te custe infortúnios, que devem todos ser tomados e vividos em sua Presença Estonteante e Onipotente. Em tudo Jesus estará ao teu lado, mas não te poupará das duras provações as quais deverás submeter teu espírito para que floresças pela honra de seu Nome. Em tudo Jesus Cristo seja louvado e em tudo dá glórias ao seu Santíssimo Nome que repousa nas Alturas sobre todos nós. Faz uso da oração tantas vezes quantas necessitas, pois isto facilita sobremaneira nossos trabalhos preparando teu campo interno para as mudanças que deves operar e para receberes os eflúvios de bem que te descem do Alto. Jamais subestimes as riquezas destinadas a ti ao final, quando devolveres teu corpo de carne ao teu Criador havendo o retido ao teu coração para todo o sempre. Querida filha nossa, repousa em paz ciente de que estamos a te proteger e inspirar as melhores atuações de modo a te entregar ao final a taça da tua vitória sobre a carne e sobre o mundo. Que a paz e as bençãos do Deus Absoluto desçam sobre ti e teus familiares no dia de hoje e sempre e sigamos adiante em teus trabalhos. Serva de Deus, muito te ha destinado e segue firme por esta estreita caminhada santa. Nós te ajudaremos.

Amém. Algum nome deve ser assinado para esta mensagem?

Deves registrar “teus bons amigos do espaço”, pois como já te foi dito  antes, somos muitos a te assistir e existe união em nossos pensamentos em relação a ti.

Amém, que assim seja.  Que as graças e o poder do Deus Supremo sigam regendo nossos passos para que alcancemos sua honra e glória através de nós. Amém.

Já sabeis do meu receio de apresentar esta carta publicamente de modo a não atrair olhares para mim, mas unicamente para a glória de Deus.

Não há o que temer e tudo já te foi dito no sentido de que deves reproduzir e compilar estas cartas em um formoso livro que abrirá as mentes e os corações dos leitores às formosas realidades que lhes são destinadas do plano espiritual. Segue.

   

Nota de rodapé:

* Recordei de um mendigo bastante bêbado que parou na minha frente quanto estava na lanchonete comprando alguns pães com queijo e água para distribuir a mendigos de rua. Aceitando o pão e a água, seguiu caminhando ao meu lado tombando contra mim (por estar tonto) enquanto fitava-me gritando repetidas vezes: “Eu não como nada e não bebo nada sem agradecer ao Senhor!”. As pessoas o olhavam com descaso e repugnância e para mim e eu estava segura do bem que lhe fazia. Além deste, há conhecidos que me pedem oração e um servo de Deus, em especial, segue sob dura provação financeira há meses e Deus tem me usado para, em sacrifício, ajudá-lo.

** Nossa existência espiritual inclui diversas encarnações na Terra e, no meu caso, eu havia vivido muitíssimas vidas anteriores afastada e inimiga de Deus, fortemente obcecada no mal. Deus me dara a conhecer diversas destas reencarnações através da terapia de vidas passadas e diretamente pelas mãos dos meus guias espirituais.

 

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 09/09/2019:

O esposo manifestou o desejo de me acompanhar no Centro Espírita e aceitei como sendo a vontade do Senhor. Uma vez lá e nada por acaso, o tema foi sobre o Espírito Santo que desce às almas que se abrem para Deus independente de religião uma vez que o templo de Deus está em cada um.  Na sequência passaram um trecho do filme A Paixão de Cristo (Mel Gibson, 2004) em que Jesus antes de ser capturado sofre a agonia e as tentações do maligno. O esposo se retirou para me aguardar no carro. Penso que tenha sido um excesso de Jesus Cristo difícil para ele suportar. Eu não o teria levado comigo, mas aceitei a vontade de Jesus para nós. A impressão que tive é que Jesus o havia feito passar por um fogo escaldante e, sem nada poder fazer da minha parte, restou-me resignar e confiar.

***

Estimados irmãos em Cristo Jesus, coloco-me a vossa disposição para os trabalhos desta manhã. Há algo para hoje?

Sim. O Espírito de Cristo impera sobre ti e não há nada do que te constranger ou abster. Tudo o que te vem, vêm pelas mãos do Senhor, pois é Ele quem está edificando sua obra em tua vida e na dos teus. Por isso, permite que Jesus opere aquilo que é necessário a cada um. Em tudo há sempre aprendizado para ti e para teu esposo e não percas tempo em lamentações, mas veste-te de um espírito vigoroso para prosseguir naquilo que Deus tem para ti. Deus te torna forte dentro do teu lar para que suportes a posteriori os males que te virão. Tem espírito robusto e resoluto no bem a fazer e estarás segura em boas mãos, na Daquele que tem o fogo lapidador. Não espere facilidades, mas penosas lutas contra aqueles que são opositores da verdade, para tanto, glorifica Jesus Cristo em tudo que ele te oferece da chama da sua glória.

Querida irmã, eis a alma que trazemos hoje até ti. Às perguntas, responderemos adiante. Por hora, concentra:

Em muitíssimo sofrimento me encontro por tantas dores colhidas nos corações daqueles que fiz sofrer. Impedi muitas almas de renascerem na carne por causa da pretensão odiosa de lhes retirar do útero de suas mães. Mulheres tolas e infelizes, fracas e desamparadas eram a mim encaminhadas, eu nada mais fazia a não ser desejar lhes livrar do feto que lhes era insuportável. Sem medir as consequências dos meus atos, me detinha a extraí-los, despejando-os na lixeira sem saber que ali jaziam espíritos ávidos por reencarnar e que eram invadidos por forte sentimento de ódio e desvalia contra o mundo, contra a mãe e contra aqueles que cumpriram com seus objetivos cruentos. Durante esse período não havia em mim nem dor nem sofrimento pelo mal que lhes fazia, mas apenas sentido de cumprir com uma causa. Muito diferente foi depois, quando minha hora de morrer chegou e me vi rodeada de todos aqueles infindáveis seres que ao longo da minha vida havia abortado. Quantos insultos, perseguições, maus-tratos e perturbações de toda ordem sofri naufragando-me numa angústia implacável que me arremessou em um poço de profundo sofrimento e arrependimento por todo mal semeado em tantos corações os quais eu era então indiferente! Quando a realidade espiritual se abriu diante dos meus olhos trazendo-me o mal que lhes havia feito, não havia mais por onde fugir, apenas me render aos justos apedrejamentos. Por muito tempo sofri os horrores dos ultrajes e o arrependimento me levou a rogar a benção e a misericórdia celeste ao meu favor. Se havia errado, que Deus me perdoasse para que eu pudesse, livre daqueles tormentos, recomeçar outra vez. Implorava a Deus uma oportunidade de recomeçar tudo de novo e quão formosa se mostrou a misericórdia de Deus ao me apresentar outra oportunidade reencarnatória de reaver os equívocos pretéritos podendo desta vez semear o bem na maior medida que a torne possível. Cuidadora de crianças especiais em uma creche há milhas de distância de ti, Luciana, estou consagrando meus melhores esforços para me tornar digna da misericórdia que Deus ha tido comigo me recuperando da perdição e colocando em posto de trabalho salutar para minha alma pecadora. Muito ainda há por fazer e minha alma não desistirá de prestar este culto ao meu Deus de Amor até o último dos meus dias na Terra na esperança de um dia poder fechá-los e abri-los no paraíso. Isto é o que eu tinha para trazer a esta irmã serva de Deus na Terra. Nada mais e podeis me levar.*

Abençoadas sejam todas as almas que reconhecem o peso de suas dívidas e se propõem a recuperá-las todas através de uma reencarnação revigorante para o espírito devasso que se perdeu em um grande número delas. Abençoada esta irmã que está a fazer um bom uso da oportunidade celeste que Deus lhe tem destinado. A estas almas esforçadas prestamos nosso concurso celeste em suas provações e nos caminhos de superação. Pode todas elas contarem com o auxílio de Deus quando o objetivo é servir ao bem a si mesmas e aos demais.

Quanto a ti, querida Luciana, segue firme adiante com teu compromisso em honrar as demandas que Deus tem para ti, consagrando o teu melhor para a obra de amor de Deus na Terra. Nós continuaremos contigo. Perguntas?

Devo transcrever vossas mensagens que se referem às situações particulares que vivo ou somente as que se referem às almas com vossos comentários pertinentes?

É prudente que reserves aos teus leitores as graças de partilharem contigo de tuas vivências e aprendizados por meio das mensagens que te são particulares.

Nota de rodapé:

* Neste caso, a mensagem advém de espírito encarnado que pode se dar em desdobramento durante o sono físico ou, menos comum, em vigília. Conforme o grau evolutivo, pode existir uma maior lucidez do espírito quanto à sua condição espiritual, conforme visto neste caso.

 

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 10/09/2019:

Na noite anterior vivemos eu e o esposo um conflito, segui aborrecida e desanimada com o matrimônio a ponto de desistir.

Valorosos irmãos servos de Cristo, apesar do vivido desejo honrar com o compromisso assumido convosco servindo de instrumento aos vossos trabalhos.  Rogo que desconsiderem minha incapacidade de melhor servir aos elevados propósitos no seio do meu lar incorrendo, ao invés, em inúmeros desvios. Ainda assim, me apresento diante de vós para honrar com minha fidelidade a Deus acima de todas as coisas apesar das fraquezas e limitações. Há algo para hoje?

Sim, querida Luciana. A graça de Deus acompanha todos os aflitos e todos que se sentem injustiçados. Já sabes que para Deus não existe injustiça, mas trabalho extenuado no bem. Tudo requer solução e é preciso buscá-las dentro do amor que se é capaz de oferecer aos irmãos em todas as circunstâncias que se apresentem. Não ceder ao terreno do mal e levantar mil vezes sacodindo a poeira no chão e retomando os esforços sagrados de cada dia. Nisto está o segredo e a sabedoria de se bem conduzir e de fazer úteis os dias na Terra. Os Céus estão para te ajudar, não nos repele fechando teu coração às sábias e santas inspirações.

Agora colocaremos uma alma para te falar. Favor concentrar naquilo que ela irá dizer:

Muitos infortúnios eu colhi em minha vida terrena e não dispunha de sabedoria para melhor conduzir meus passos. Rodeada de diversão e futilidades, cumpri com os desígnios maternais como simples obrigação e não como o ideal de minha vida. Alimentava-os e os supria de modo a se satisfazerem e dava com isso meu dever cumprido. Não havia em mim espaço de tempo para haver com suas demandas infantis, que considerava de mínima importância. Criança era apenas criança e ponto final. Os adultos sabiam tudo e deviam ser respeitados. Essa era a regra. Criança não tinha vez nem espaço, eram apenas serezinhos ao nosso redor. Então, quando crescem, viram adultos e parte da família. Antes disto, apenas serezinhos do nada. Assim criei meus filhos suprindo-os do necessário achando que era o suficiente. Crasso erro meu! Causa da minha morte maior ainda em vida na Terra! Os filhos cresceram e da mesma forma como os abandonei em vida me abandonaram. Saíram de casa para não mais voltarem. Despendi o resto dos meus dias em solidão tendo que haver com a vida que eu mesma tinha criado para mim. Sem nada lhe dar de afeto, colhi a solidão e a frieza. A lamentação me corroeu ainda quando em vida. Dor causticante da minha alma, a de ser abandonada pelos filhos por não haver sabido oferecer-lhes amor. De tudo que vivi, desejaria fazer melhor outra vez se me fosse possível. Recomeçar e construir tudo o que faltei, deixando de construir. Perdida aos prantos, segui com minha dor até ser arrebatada pela morte e encontrar ainda maior solidão. Indo aos seus encontros, não me reconheciam porque não podiam me ver. Estando em minha presença, nada faziam. Dor sobre dor, arrependida do tempo que não voltaria para trás e em que poderia haver feito e não fiz. Assim continuei entre eles tentando reaver um mínimo de amor em seus corações e, na maioria das vezes, nada colhi. A solidão que lhes dei colhi posteriormente deles mesmos. Sagrada dor no coração de uma mãe, que acumula dívidas com Deus por falta de orientação e encaminhamento. Doce amargura da minha alma, que me faz beber daqueles que criei o mais terrível fel, de maior amargor. Causa da minha ira e da minha perdição, desejaria me reaver com todos para apenas ajoelhar-me aos seus pés pedindo-lhes desculpas por toda omissão e podendo lhes oferecer algo de melhor. O tempo passou e nada mais aconteceu para mim senão maior sofrimento. Que Deus, aonde quer que esteja, escute as minhas súplicas e me liberte do amargor que existe em meu coração pelos meus próprios erros e aflições.

Sentia que havia muita opressão no peito e dor no coração desta senhora, quando me foi dito:

Tu podes descrever as sensações que tens a partir dos espíritos que te falam. Isto comporá o arsenal das cartas recebidas que enriquecerão ainda mais esta obra.

Querida irmã em Cristo Jesus, a graça do Céu desce ao teu encontro para libertar-te da corrente de opressão criada para ti mesma. Em tudo Deus te assistia e em nada lhe faltou em suprir tuas necessidades momentâneas. A vida terrena é uma escola de aprendizado do amor e caso tenhas deixado de cumprir com esta tarefa que tinhas em vista, o Deus Misericordioso e Pai de Toda Justiça te concederá oportunidade de reaver-te com teus próprios equívocos para que da próxima vez faças diferente. Nisto vai registrada a Onipotência do nosso Criador, que nos devolve a cada um a benção de construirmos nosso próprio vaso aperfeiçoado através de uma sucessão de reencarnações revigorantes e refazedoras do espírito imperfeito.

Saudosos do ambiente celeste, as almas enviadas à Terra se esquecem do fim para o qual foram criadas e destinadas à Terra, têm seus olhares desviados para suprir ao mundo esquecendo assim os extensos compromissos cármicos assumidos quando ainda se encontravam em espírito libertos do corpo carnal. Deus assim nos coloca em prova naquilo que realmente aprendemos enquanto espíritos extraindo de nós os frutos dos nossos verdadeiros aprendizados. Daí a causa de tantos erros. Uma vez o véu da reencarnação nos olhos, esquece-se da verdadeira pátria celestial, embriagam-se nas mais diversas paixões e egoísmo para terem seus desejos primários satisfeitos em detrimento das necessidades dos demais. Uma vez fracassados na prova da vida retornam ao corpo celestial, espiritual, para reaverem com as dívidas contraídas, aprendendo com os erros para melhor focar no aperfeiçoamento de tudo quanto possa ser aperfeiçoado.

Deus escutou tuas preces e o tempo de recompor-te em outros ares ha chegado. Te encaminharemos a um local prestimoso onde reabilitarás tuas energias enfraquecidas, repousarás teu coração das dores e ofensas infringidas e sofridas e reabilitarás teu espírito para uma nova roupagem terrena que cumprirá com os elevados fins pelos quais foste destinada, que resume no amor em todas as suas vertentes. Toma de nossas mãos e sigamos. Que a paz e as bençãos de Nosso Senhor Jesus Cristo te acompanhem nesta nova etapa de tua vida imortal.

A ti, querida Luciana, segue firme no caminho do amor sabendo que não há outro fim que te levará até o conhecimento do Coração do Deus que te criou. Em tudo rende Glória ao Altíssimo que te traz duras provações para a lapidação de tua alma imperfeita. Nós estamos contigo e seguiremos com nossos trabalhos. Que a benção do Deus Altíssimo te revigore as forças no dia que se inicia, derramando sobre ti e sobre os teus a sua Presença refazedora de tudo quanto existe. Porque se Deus tudo ha criado, ele tem poder de tudo restaurar, bastando que lhe demos a mão em serviço e obediência na sua Obra de Amor.

Amém, estimados irmãos, que as bençãos e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo em Deus sejam derramadas em todos os nossos trabalhos no dia de hoje e que todos sejam feitos com acentuada fé e amor.

Deus quer que nós que, ainda que em sofrimento interior dado os sentimentos que nos afastam do amor, demos aos demais a capacidade máxima de amor que nos é possível sendo constantes no mesmo.

 

DIÁRIO ESPIRITUAL DE 11/09/2019:

Queridos irmãos em Cristo Jesus, eis-me a disposição para os trabalhos desta manhã. Há algo para hoje?

Certamente que sim, querida irmã, escute essa alma que vai te falar:

Eu odeio tudo quanto diz respeito a esse nome sujo e que me causa pavor. Desejo reter-lhe para sempre longe de mim, pois eterno é o meu rancor e ódio a esse Deus que tudo me ha feito sofrer. Tudo o que fez na minha vida foi me cercar de pessoas hipócritas e maldosas para me fazer provar do maior fel que pode existir. Deus das infâmias e Deus maldito. Malditos sejam todos aqueles que vos adoram e vos seguem. Maldita seja essa grande história de terror que ensinaram as nossas crianças de tempos em tempos fazendo com que elas acreditassem em uma mentira aniquiladora, que nos joga no abismo sem referência de como sair de volta. Deus odioso, Deus deprimente, tudo o que diz respeito a isso é sujo e vil. Nada perde quem está livre de toda essa carga de bugiganga mentirosa e deprimente. Ele não é o Deus da salvação, mas o Deus da perdição porque não o vejo salvando as almas, mas deixando-as sofrer eternamente sem revigorá-las ou socorrê-las. Abandona seus supostos filhos na dor e no desespero, rogando súplicas que não são escutadas! Deus da mentira, onde está vós que não aparece àqueles que a vós proclamam? Onde está esta farsa toda que não permite que seus supostos filhos o vejam? Quanta baboseira encerrada em um só nome, quantas desgraças somos obrigados a colher a partir de uma mentira, ilusão das desilusões, mentira maior contada a todos nós! Se nego Deus é porque nunca o vi e nunca o vi atuar nem em minha vida nem na dos demais e o dia que vê-lo com meus próprios olhos, olhos do meu espírito, poderei talvez mudar minhas convicções. Até lá, tudo mentira e farsa, história para tolo dormir. Tenho falado. Não há nada mais de mim que possa falar a esse respeito, pois tudo não passa de uma grande farsa feita para nos confundir.

Não negue a ti, querido irmão, a misericórdia de entrar em contato com o Seu Senhor. Ainda que não O veja e não O sinta, Deus está e esteve presente contigo em todos os momentos de tua vida, pois, se foi Ele mesmo que vos criou, como não saber e acompanhar cada uma de suas criaturas? A legitimidade de tuas palavras nos dá mostras de que realmente não hás conhecido a Deus. Enquanto mantiveres cerrado o teu coração a estas verdades, elas te rondarão sem te tocar necessitando de ti que antes desapegues de teus falsos conceitos que dizem respeito ao Supremo e abra teu coração à dura verdade que sempre hás negado. Em tudo Nosso Senhor acompanha seus filhos e jamais te hás abandonado. Deus respeita, no entanto, aqueles que se afastam visando alcançar novas vistas, permite que os filhos desgarrados percorram o curso de suas caminhadas ausentes Dele até que por exaustão caiam cansados de negá-Lo e O aceite como suma verdade. Este é, querido irmão, propriamente o teu caso. De tanto negar e revoltar-te contra Deus, só te restou seguir tua vida ausente do mesmo até o dia que teus questionamentos o atormentem o suficiente em torno deste Nome que é três vezes Santo.

Deus das Alturas! tende misericórdia destas almas que vos negam por vos desconhecer e enviai-lhes o lampejo de vossa luz para que lhes ilumine internamente em torno do Sagrado que és e que emana de Ti! Tende misericórdia desta infinidade de almas que ao invés de clamar vosso Santo Nome, blasfema, perdidos em si mesmos diante do Deus Altíssimo. Vinde Pai, ao encontro destas almas de modo a despertar-lhes deste sono perturbador e fazê-las despertar para vivenciar a vossa Glória. Deus Santíssimo, esta alma a vós encomendo para que façais com ela segundo a vossa vontade. Amém.

Sagrado Coração de Jesus, tende misericórdia de todos os vossos filhos que vos negam e continuai retendo-lhes estreitamente ao vosso Coração até o dia que puderem despertar para Ti para vos adorar e bendizer e para compensar todos os anos despendidos em misérias e profanações ao vosso Santíssimo Nome! Senhor Santo, fazei vossa vontade sobre cada um de nós! Amém.

Esta alma, querida filha, está encaminhada a Deus e Deus ha de despertar-lhe e revelar-lhe sua Glória. Trouxemo-la até ti para que experimentasse o toque do poder de Deus através de tua mão e do serviço que estás a prestar para o mais Alto.

São almas carentes de amor e de compaixão que cerram seus corações em misérias e prantos optando por odiar aquilo que não conseguem compreender, fechando-se assim num ciclo de ódios e perturbações. Entregam-se o mal mais por revolta e rebeldia do que por índole maldosa.

Por desconhecerem onde está a verdade, optam por opor-se a ela fortemente, fazendo tudo para negá-la e perseguindo os que estão despertos para Deus. Estas almas necessitam mais de oração e afeto do que de indiferença e descaso. São almas que se debatem dentro de si mesmas porque a luz de Deus que há nelas deseja sair e ser vista e eles a negam. A estas almas as orações têm o poder de apaziguá-las, serená-las, fazendo descer bálsamos de refazimento e justeza nas apreciações até o dia das suas conversões que as farão abrir os olhos para o Deus Altíssimo. Quando isto é feito, tornam-se devotas e mais intimamente vinculadas Àquele que tudo permitiu que errassem, mas as resgatou. Tudo isto são aprendizados da alma que peregrina entre o mundo carnal e o espiritual.

Esta alma retornará ao corpo físico em melhores condições do que na encarnação anterior, algo mais próxima de Deus e levará para o curso dos seus dias a memória inconsciente do que viveu e do que alcançou quando permitiu que Deus entrasse em sua vida. Este é o caminho que devemos prestar aos nossos irmãos: o de tolerar o tempo de seus erros na certeza de que encontrarão o tempo de sua salvação, sendo para com eles tolerantes e compassivos.

Que tu tenhas um bom dia permeado das bençãos de Nosso Senhor Jesus Cristo em ti e na tua família, em teus projetos e conquistas para o bem geral.

Obrigada, queridos irmãos em Cristo Jesus, pelas maravilhas vivenciadas nesta manhã e que as riquezas fruto da glória de Nosso Senhor sejam derramadas em cada um de nossos corações hoje e sempre. Amém.