Princípio de mudança: construções e desconstruções do ego



Contínua mudança - esta é a ordem natural das coisas.


Cada um muda. As coisas e pessoas mudam.

Nada é fixo. Tudo é impermanente. Então, para que se apegar?

E se apegar a que se tudo constitui projeções do ego dentro de um conteúdo puramente ilusório?

Estes tipos de desconstruções são fundamentais para se adentrar nos princípios filosóficos budistas dando início à transformação do ser.

A meta para o principiante deverá ser, partindo do próprio sofrimento, identificar as formas de controle que se encontram por detrás e estão alicerçadas no medo e nas ilusões construídas pelo ego.

Tudo que se passa são edificações do ego e o exercício será identificar estas construções para se chegar à essência - que é desprovida do ego.

Este princípio de despertar já constitui a consciência em sua forma mais pura.

Deves partilhar estes passos do caminho com seus irmãos que da mesma forma que você se apresentam diante de Cristo para que caminhando juntos possam construir algo mais glorioso e virtuoso para si e para os demais.